Partilha, reflexão e discussão sobre as TIC para a Educação Especial

Archive for the ‘Software livre’ Category

Projeto BIA

BIA, Projeto BIA - Sistema de Comunicação Aumentativa e Alternativa

O Projeto BIA foi criado com o propósito de ajudar a Beatriz, uma criança do Concelho de Castro Daire com Paralisia Cerebral que não comunica de forma verbal.

A criação deste programa em formato digital, teve como base o seu caderno de comunicação (em papel), criado pela Terapeuta da Fala. A aplicação é composta por símbolos pictográficos de comunicação coloridos, separados por categoria, que após a sua seleção, reproduz sonoramente a palavra associada ao símbolo. O BIA permite a seleção de vários símbolos convertendo-os numa frase que poderá ser reproduzida ou alterada em qualquer momento. O sistema permite também gerir os símbolos pictográficos (adicionar, editar, apagar) de modo a ser adaptado às necessidades do utilizador final.

Em termos de inovação, o Projeto BIA tem funcionalidades únicas no mundo:

    • Geo-localização – permite enviar as coordenadas GPS do utilizador(criança ou adulto), para um contato definido na aplicação (Android, iPhone e iPad), em caso de emergência ou de desorientação.
    • Envio de Email – permite a comunicação via email após a construção de frases com símbolos, por parte do utilizador. O destinatário recebe a mensagem em texto após uma conversão automática.

Esta aplicação móvel poderá ser aplicada a outros tipos de problemáticas, como o caso da estimulação da fala em crianças com Autismo, idosos que sofreram algum acidente que lhes limita a voz, entre outros. Em termos mais terapêuticos, este projeto poderá ser um excelente auxilio na área da terapia da fala.

Este sistema é totalmente gratuito e está disponível na página do projeto, App Store e Google Play, permitindo, desse modo, o download e instalação em qualquer parte do mundo.

Este software foi totalmente desenvolvido na Câmara Municipal de Castro Daire, sem qualquer custo extra, com o apoio da Rádio Limite na narração dos símbolos, em parceria com a Associação de Paralisia Cerebral de Viseu.

Como começar?

1 – Instalar (caso não o tenha já) no seu computador o programa Adobe AIR.

2 – Registar-se com um email válido na página do Projeto BIA para poder aceder ao download do BIA (canto superior direito da página inicial – Login). Para o novo registo deve definir o nome de Utilizador e uma Password.

LOGIN no canto superior direito da página

Registo

3 – Ativar o registo através do link enviado para o email que indicou.

4 – Voltar à página inicial do Projeto, fazer o Login e de seguida o download da aplicação.

A página disponibiliza vários vídeos que dão suporte a todo o processo de registo, download e utilização do BIA.

Nota final: É possível utilizar o BIA em diferentes sistemas operativos, tais como: Android, Windows (Microsoft), OS X (Apple) e Linux.

Exemplo de um quadro de comunicação criado no BIA

Anúncios

Software livre ou de autor – EdiLim

Captura de ecrã 2014-01-5, às 20.02.10 O Edilim é um editor de livros LIM (Libros Interactivos Multimedia) para a criação de materiais educativos. É uma ferramenta de autor que permite desenvolver atividades para diferentes disciplinas (matemática, português, ciências …) e adaptar o conteúdo para o nível educativo desejado.

Vem com um pequeno programa que não requer instalação, sendo necessário apenas fazer o seu download. Está disponível em vários idiomas, é de distribuição gratuita e pode ser utilizado sem problemas (Licença Creative Commons) desde que se respeite a gratuidade e a autoria.

O seu manuseio é muito simples. A criação das páginas dos livros é baseada no gesto de “arrastar e soltar” com o rato. Em cada livro, podemos criar o número de páginas que quisermos, cada uma com uma atividade, podendo abarcar uma enorme variedade, nomeadamente puzzles, perguntas de escolha múltipla, jogos de memória, visualização de filmes, emparelhamentos… O programa permite exportar em formato “html” para publicar o livro e os alunos podem abri-lo a partir do browser.

O Edilim também permite que sejam avaliados os exercícios. Tem a possibilidade de dar feedback imediato aos alunos e permite ao professor ver o grau de sucesso/dificuldade do aluno. No final de cada atividade, os alunos têm uma mensagem (que foi anteriormente definida na configuração do livro) informando-os se fizeram, ou não, corretamente a atividade. Pode também visualizar-se um relatório do número de tentativas feitas pelo aluno para resolver cada atividade.

A versão mais recente é a Versão 4.1 de novembro 2012 que se encontra disponível para Linux (386 e amd64), Windows e OSX (Mac) e está disponível a partir do endereço  http://www.educalim.com/index.htm  

Software livre ou de autor – JClic

JClic é um programa de autor para a criação, realização e avaliação de atividades educativas multimédia, desenvolvidas na plataforma Java. Pode ser executado em Linux, Mac OS X, Windows e Solaris.
O  conteúdo  das  actividades pode ser em texto ou gráfico, podendo  incorporar também sons, animações ou sequências de vídeo digital. As atividades podem ser construídas a pensar em qualquer conteúdo, área temática ou nível de escolaridade, desde o pré-escolar ao ensino superior.

A interface é muito simples e os projetos são construídos com uma determinada sequência que indica a ordem em que irão ser mostradas.

O JClic é composto por três módulos:

Jclic player – o programa independente que, uma vez instalado, permite que as atividades possam ser executadas a partir do disco sem a necessidade de estar ligado à Internet.

JClic author – a ferramenta de criação, que permite a criação, edição e publicação das atividades de uma forma mais simples, mais visual e intuitiva.

JClic reports – compila e organiza os dados (tempo utilizado em cada atividade, tentativas, acertos, etc…), produzindo relatórios sobre os resultados das atividades realizadas pelos alunos.

Podemos criar atividades de raíz, aproveitar atividades criadas por colegas (incluindo a partir da internet) ou adaptar atividades de autores estrangeiros que podem ser abertas no JClic author e modificadas (por vezes apenas é preciso modificar as instruções para o aluno).

Para fazer o download basta aceder à página http://clic.xtec.cat/en/jclic/download.htm. Contudo, caso não consigam fazer correr o programa talvez o motivo seja por não terem o Java instalado, o que poderão fazer a partir daqui. O Java é um programa útil para a execução de atividades tais como jogos, vídeos, etc.

AMIS – Leitor de livros em formato Daisy

imageAMIS é um programa livre, da Daisy Consortium, para leitura de livros em formato Daisy. Está disponível para ser descarregado e instalado, a partir da sua página web, no endereço http://www.daisy.org/amis/download.

Para mais informações sobre como utilizar este programa, ver o tutorial em vídeo (clique sobre a imagem).

Ambiente inicial do AMIS na abertura de um documento em formato Daisy

Um livro em formato Daisy pode ser guardado no computador ou pode ser gravado num CD para ser ouvido.

No primeiro caso, apresenta a extensão .dat e poderá ser lido e ouvido quando aberto com o programa AMIS. No segundo caso (CD), pode ser tocado em qualquer leitor de CDs que leia o formato .mp3 

Neste caso, o facto de poder ser usado um formato comum (.mp3) e não um formato que exija um leitor específico, é uma grande vantagem do DAISY.

Por ser uma norma internacional, o formato Daisy permite o intercâmbio de livros pelo mundo inteiro, com a garantia de compatibilidade.

Quando abrimos um livro DAISY no computador, com recurso ao programa AMIS, para além de poder ser ouvido (áudio), podemos usufruir de muitas outras funções:

  • o texto escrito é visualizado ao mesmo tempo que é ouvido (lido), facilitando a leitura, por exemplo, para pessoas com baixa-visão ou dislexia;
  • a cor e o tamanho do texto podem ser ajustados em função das necessidades e gosto do utilizador;
  • a velocidade de leitura pode ser acelerada ou retardada, sem modificar o timbre do locutor;
  • pode pesquisar um conteúdo a partir do índice e saltar diretamente para o capítulo pretendido;
  • pode colocar marcadores e anotações ao longo do texto;
  • pode procurar um texto livremente e iniciar a leitura a partir desse ponto

Estas funcionalidades podem ser exploradas através do programa livre AMIS . A possibilidade de utilização dos documentos em formato DAISY é sem dúvida alguma, mais uma oportunidade que os alunos com deficiência visual ou, por exemplo, com dislexia têm quer para o acesso ao currículo quer para os seus momentos de leitura de lazer.

Software livre ou de autor – PictoSelector

picto-selector2

O PictoSelector é uma aplicação livre do Windows com mais de 22 000 símbolos, criado para facilitar a seleção e impressão de símbolos.

Foi concebido por Martijin van der Kooij e as bibliotecas de símbolos associadas a esta aplicação encontram-se nos sites Sclera.be, Straight-Street.com e ARASAAC, com possibilidade de tradução para o inglês, francês, espanhol e holandês.

Com esta aplicação podem-se construir tabelas ou quadros de comunicação para digitalizadores de fala, utilizar os símbolos isoladamente (por exemplo em cadernos de comunicação, horários, decomposição de tarefas, entre outros) ou compostos, para uma comunicação mais elaborada e complexa com recurso à construção frásica.

As maiores vantagens do Sistema Gráfico Picto são:

(1) suportar o sistema PECS – Picture Exchange Communication System;

(2) ser gratuito;

(3) permitir integrar várias bases de símbolos;

(4) ser de fácil seleção, edição, cópia e impressão de símbolos.

A partir da página do PictoSelector pode-se fazer não só o download da aplicação mas ver diversos tutoriais ou exemplos de utilização do Picto (http://www.pictoselector.eu/index.php?lang=pt).

Apresentamos um exemplo de uma atividade realizada com recurso ao PictoSelector: a decomposição de uma tarefa específica que permitirá a uma criança com perturbação do espectro do autismo aprender a secar-se depois do banho.

secar-depois-do-banho

Software livre ou de autor – Cmap Tools

camptoolsO software CmapTools é uma ferramenta livre que facilita a criação,  edição e partilha na web de mapas conceptuais e que permite organizar e lidar com grandes quantidades de informação através de  hiperlinks.
A última versão do CmapTools  pode ser descarregada gratuitamente a partir do endereço http://cmap.ihmc.us e podem ser visualizados vídeos de apoio à utilização deste software a partir do endereço http://cmap.ihmc.us/videos/index.php

O que são e para que servem os Mapas Conceptuais?
(Fonte: Mapas Conceptuales en aula, CAPTAS, Capacitación, Talleres y Seminarios, S.C. pag. 2)
1. São ferramentas organizadoras de conhecimentos
2. Utilizam elementos visuais para facilitar a organização hierárquica de conceitos
3. Podem servir para:     
  a) ordenar conceitos     
  b) apresentar visualmente conhecimentos já adquiridos     
  c) descobrir novas relações entre conceitos
4. Devido à sua estrutura, os mapas conceptuais propiciam:     
  a) aprendizagem significativa     
  b) criatividade     
  c) desenvolvimento de novos conhecimentos     
  d) respeito pelo ritmo e estruturas individuais de aprendizagem     
  e) trabalho em equipa

Software livre ou de autor – BookBuilder

book-builder

O BookBuilder é uma ferramenta muito interessante e livre, disponível online, que permite a criação, a partilha, a leitura e a publicação de livros digitais interativos.

Com esta feramenta poderá incluir texto, imagens, vídeos, informações, sugestões com a possibilidade de utilizar a opção de fala. Tem à sua disposição alguns assistentes, que poderão ajudar ao longo da navegação do livro criado, assim como poderá associar também perguntas e incluir um glossário.

Para além da criação dos próprios livros poderá usufruir da leitura dos livros da biblioteca pública ou utilizar modelos de livros já existentes. Muito interessante e criativo. Desde a criação de livros com a possibilidade de utilizar imagens, vídeos, texto com opção de fala do mesmo, glossário, associação de perguntas, passando pela leitura de livros da biblioteca pública, até à utilização de modelos de livros já feitos. Esta é uma solução verdadeiramente interessante que poderá ser muito útil no apoio a diversos alunos, uma vez que permite o ajustamento da abordagem dos conteúdos em função das suas necessidades individuais, interesses e competências.

O Desenho Universal para a Aprendizagem (UDL) é uma abordagem flexível para a conceção e implementação do ‘currículo’ que oferece a todos os alunos plena igualdade de oportunidade de sucesso na aprendizagem. Ao utilizar o Book Builder deve ter em conta 3 princípios (UDL) que não são mais do que um conjunto de linhas orientadoras que podem ser empregues para reduzir ou eliminar as barreiras inerentes à maioria dos livros existentes e do currículo.

3principiosUDL

A utilização de recursos digitais, nomeadamente texto eletrónico, simplifica a apresentação de informação de diferentes formas. Para saber um pouco mais sobre Desenho Universal para a Aprendizagem (UDL) veja o vídeo que se encontra abaixo.

Para utilizar esta ferramenta deverá começar por criar uma conta na respetiva página http://bookbuilder.cast.org/, e seguir as indicações que se encontram aí. Bom trabalho!